A Tristeza se converte em alegria (Jogral de Páscoa)

1ª CENA:  A tristeza

(Mulheres paradas em círculo, abraçadas, com cabeça baixa.)

Música…

Narrador: Há dois dias atrás, na sexta-feira, estas mulheres presenciaram a cena mais triste e cruel de suas vidas. Elas viram o Filho de Deus ser desprezado, zombado, batido e crucificado. Sim, elas estavam lá quando ele teve que carregar a sua cruz de forma humilhante por várias ruas de Jerusalém. Elas viram bem de perto o seu rosto e o seu corpo cheio de hematomas. Depois, no monte do Calvário, escutaram as batidas impiedosas dos martelos que pregaram as suas mãos e os seus pés. Escutaram também as palavras de zombaria que foram dirigidas a ele. 

Música…

Narrador: Além da própria tristeza, perceberam a tristeza de Deus. O céu ficou escuro em pleno meio-dia. Depois, sentiram a terra tremer e viram rochas se partirem no momento em que Jesus gritou “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito”.

Música…

Narrador: Tentamos descrever as cenas. Tentamos imaginar tudo o que ele suportou inocentemente. Ficamos pensando em como foi aquele dia para estas mulheres.

Música…

(Mulheres se retiram em fila, de cabeça baixa)

2ªCENA: A alegria

Música…

Narrador: Depois que terminou o sábado, as mulheres compraram perfumes para perfumarem o corpo de Jesus.

(Mulheres retornam em fila, de cabeça baixa)

Música…


Narrador: No domingo, bem cedo, ao nascer do sol, elas foram ao túmulo. Elas ainda estavam tristes… 

Música…

(Mulheres se colocam outra vez em círculo, de mãos dadas, ainda de cabeça baixa)

Narrador: No caminho tinha surgido uma preocupação: -Quem iria tirar a pedra da entrada do túmulo? Porque a pedra era muito grande. Mas, quando olharam, viram que ela já havia sido tirada. Então elas entraram no túmulo e viram um moço vestido de branco sentado no lado direito. Elas ficaram muito assustadas, mas ele disse: -Não se assustem! Sei que vocês estão procurando Jesus de Nazaré, que foi crucificado; mas ele não está aqui, pois já ressuscitou.
  
Pára a música…

Mulheres: – Gritam juntas: “Hei!” (No momento do grito, erguem as mãos,  as quais ao chegarem ao alto se soltam) 
– comentários de admiração e alegria: Ele está vivo! Deus seja louvado! É um milagre! Vamos contar para os discípulos! Vamos! 

Música: (Aleluia, de Handel). 

  
Rev. Elton R. Luithardt
Concórdia – SC – Páscoa 2004



       
 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: