Js 1.8 – Bíblia, o guia do falar e do pensar (Estudo Bíblico)

INTRODUÇÃO:

A. Qual a melhor maneira de se manter um canteiro limpo? Canteiro de jardim ou horta.
– arrancar o inço;
– passar veneno.
– Mas o inço sempre volta!

Cheguei à conclusão que, além de combater o inço, é preciso algo mais. Creio que a melhor maneira é cultivar alguma planta boa, sejam flores ou hortaliças. Elas ajudam a tomar o espaço que o inço tomaria e sufocam o inço que vem nascendo.

B. Qual a melhor maneira do crente manter a sua vida limpa? Você já entendeu…
– não basta cuidar para evitar o erro e o mal;
– é preciso ocupar-se com coisas corretas, benéficas, produtivas, edificantes. Ocupe o seu coração e a sua mente com a Palavra.

1. Bíblia, guia do falar

“Não cesses de falar deste livro da Lei…” (Js 1.8)

Ler Efésios 4.29. Se examinarmos as nossas conversas…
a) quais os assuntos?
b) Que palavras…  (às vezes não são até palavrões)?
c) Piadas sujas?
d) Críticas maldosas e fofocas?

O apóstolo nos lembra: únicamente aquela palavra que for boa para a edificação… Devemos procurar manter um falar honesto e sincero, limpo, justo (sem falsidade), bem intencionado e sem maldade, edificante.

A Escritura registra exemplos de pessoas que usaram seu falar para a edificação:
– Adão falou com Deus
– Abraão e Moisés, líderes que usaram sua fala para guiar o povo de Deus
– Davi, poeta e cantor
– Evangelistas
– Apóstolos, que saíram mundo afora falando do evangelho

2. Bíblia, guia do pensar

“…medita nele de dia e de noite” (Js 1.8)

O que é meditar? É considerar, pesquisar, examinar com mais profundidade algo de que se tenha algum conhecimento prévio.
 Exemplo: Um pai assiste palestra sobre educação dos filhos. |Falou-se sobre “limites”. Ele aprendeu/foi lembrado que os filhos precisam de limites. Depois, ele meditou sobre isso – voltando para casa, à noite, nos dias seguintes… Pensou nos erros, quando havia deixado os filhos sem limites. Pensou nos acertos, quando impôs limites e, mesmo sob o protesto dos filhos, posteriormente bons frutos foram colhidos.

Meditar não é aprender, nem estudar, ainda que por meio da meditação também se aprenda.
– estudamos para aprender
– meditamos para entender e aplicar à vida o que se aprendeu.

Quanto à vida espiritual,  o meditar é um exercício pelo qual recordamos o aprendido e ao recordá-lo temos um benefício espiritual.

O Salmo 1 é um exemplo disso. Aquele que conhece, ama e medita na Palavra de Deus, terá bênçãos.

CONCLUSÃO:

A Bíblia é nosso guia do falar e do pensar. Hoje, meditando sobre o assunto, tivemos a oportunidade de rever o uso que fazemos da Palavra de Deus. Que Deus abençoe nosso meditar, pois dele é que procede o falar edificante.

(Baseado em estudo de Alberto Alvarado em Lar Cristão 1984, p. 53-54.)
(Se você é o autor deste estudo, ou sabem quem é, informe para que esta informação conste aqui)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: