Mt 13.1-9(18-23) – Estudo Homilético

Tema: Ouvidos para ouvir produzem ouvidos para semear.

Texto: Mateus 13:1–9 (18–23)

Outras leituras: Sl 65; Isaías 55.10-11; Rm 8.18–25

 

Contexto Litúrgico

Os próprios do enaltecem a abundante bondade de Deus (Coleta) por meio de sua Palavra. O Intróito convida-nos a provar e ver que o senhor é bom, pois ele irá abençoar Sião com provisões abundantes que satisfará o pobre com alimento. Na leitura do Antigo Testamento, a palavra de Deus é comparada com chuva e o cair da neve que ao subir aos céus novamente, retornam e regam a terra, fecundando-a e fazendo brotar para dar semente ao semeador e pão ao que come (Is 55.10). A Palavra de Deus é eficaz. A Epístola confronta a condição caída da criação, que geme; Até mesmo nós, que temos as primícias do espírito, gememos internamente (Rm 8.23) enquanto nos antecipamos pacientemente na consumação final da esperança que é nossa como herdeiros da salvação.

Disposição do sermão

Introdução: A parábola do semeador é uma história familiar. Desde a escola dominical nós ouvimos ela. Facilmente é lembrada e compreendida. Além disso, o próprio Jesus providencia a explicação. O ponto mais crítico da própria parábola é a grande dificuldade com que a Palavra do reino é compreendida. Para alguns, a familiaridade cria desprezo. Mas para muitos, parece ser um soar sombrio que originam de nossa carne pecaminosa, o mundo, ou o diabo que nos impedem de entender. Quem tem ouvidos para ouvir, que o ouça.  Poderia a poderosa e eficaz Palavra de Deus trabalhar em nossos corações hoje de forma que você tenha…

… Ouvidos para ouvir [Que] Produzem Ouvidos para Semear.

 

  I. Jesus dá ouvidos para ouvir.

A. Jesus dá a compreensão para os seus discípulos.

1. Os discípulos testemunharam muitos que rejeitaram Jesus e sua Palavra: líderes religiosos, multidões de seguidores, até mesmo os próprios seus familiares.

2. Jesus ensina em parábolas para revelar e ocultar.

a. As parábolas descrevem a ação do reino de Deus.

b. Parábolas aproxima os que recebem Jesus para uma relação mais íntima com ele e concede uma maior compreensão da obra do seu reino.

c. As parábolas confundem aqueles que rejeitam Jesus como Cristo.

3. A parábola do semeador se destina ao fortalecimento e advertência aos discípulos de Jesus.

a. Deus, o Filho do Homem é o semeador (Mt 13.37).

b. A semente é a sua palavra.

c. Isto é iniciativa de Deus, e a palavra de Deus está destinada ao crescimento (Is 55.11).

d. A Palavra de Deus, encarna e continua penetrando nas pessoas como Evangelho, remove as pessoas do poder do Diabo, ou ela é rejeitada. Esta é uma advertência e ao mesmo tempo, uma percepção da realidade. Não desanime!

e. A Palavra de Deus opera a fé nos corações de muitos e produz crescimento surpreendente no reino da Graça de Deus com vistas ao reino na Glória.

B. Jesus nos dá a compreensão.

1. O reino de Deus veio até você. O espalhar da semente não requer mais a presença visível do Semeador. Ele habita na palavra e sacramentos.

a. A semente foi plantada em seu coração por meio do batismo.

b. A semente continua sendo plantada por meio da palavra de Deus e dos santos sacramentos por meio do ministério da igreja.

c. Visto que nascemos  mortos e transpassados pelo pecado, Deus toma a iniciativa. A sua palavra de lei quebra nossa frieza, corações de pedra e nos torna o solo bom, em que a semente do Evangelho é semeada na fé em Jesus Cristo como nosso Salvador.

2. A parábola do semeador contada por Jesus foi destinada também para você.

a. Assim como os discípulos, o seu coração também compreende ou tem dificuldades de entender. A parábola é destinada a você para lhe aproximar do Salvador.

b. Como os discípulos, somos advertidos como a semente pode ser arrebatada, secar-se ao sol ou ser sufocada.

(1) O diabo tentará arrancar o que foi semeado em seu coração (Ef 6.11–12; 1 Pe 5.8).

(2) Aflições e perseguição podem fazer com que você hesite ou duvide (Fl 4.6).

(3) Preocupações e riqueza podem atrair você para longe de Cristo (Mt 6.24, 34).

c. Assim como aconteceu com os discípulos, Cristo lhe concedeu um “grande quadro” para que você não desanime quando a palavra de Deus for rejeitada.

d. Entretanto, a Palavra, que o tornou boa terra, continuará a produzir frutos abundantes em você. Você pode confiar na eficácia da palavra de Deus.

II. Ouvidos que ouvem e produzem os ouvidos que semeiam.

A. Como os discípulos se saíram?

1. Embora Jesus tenha explicado a parábola, parece que eles não entenderam, pelo menos não da maneira correta.

a. Discutiram sobre quem era o maior no reino (Mt 18.1; 20.20–28; Mc 10.35–45).

b. Eles negaram Jesus, fugiram e se esconderam quando ele estava diante da crucificação.

c. Até mesmo após a ressurreição e bem antes da ascensão, os discípulos ainda perguntavam quando seria o momento da restauração de Israel (At 1.6). Eles não tinham compreendido totalmente o ponto da parábola: a Palavra do reino de Deus cresce como uma semente, é rejeitada por alguns, mas se espalha com resultados incríveis.

2. Mas mesmo assim, após o Pentecostes, o Espírito da verdade os guiou para toda a verdade (Jo 16.13).

a. A semente rendeu incríveis resultados a medida em que os discípulos testemunhavam em Jerusalém, Judéia, Samaria e os confins da terra (At 1.8).

b. Os ouvidos que ouviram se tornaram ouvidos que foram a colheita da expansão da graça por meio do  reino de Deus em todo mundo, incluindo eu e você.

B. Deus deu a você ouvidos para ouvir e compreender; além disso, deu também ouvidos abundantes e frutíferos para semear a expansão do seu reino. Assim,

1. Você pode ser ativo apoiando a proclamação pública da Palavra e administração dos Sacramentos em sua congregação.

2. Você pode ser ativo semeando a semente da Palavra de Deus em sua vida cotidiana.

3. Você não precisa desanimar com as tentações do diabo, do mundo, e da carne porque você tem a Palavra de Cristo habitando ricamente em você, por que lhe deu ouvidos para ouvir e compreender.

4. Você, que também têm ouvidos para semear, pode esperar uma colheita extraordinária.

Conclusão: Quando a semente foi originalmente semeada por nosso Deus, forças foram colocadas em movimento para produzir uma colheita cheia de pessoas que servem a Deus em “justiça e bem-aventuraça”. Você faz parte dessa colheita do bom solo e parte do seu reino. A semente da Palavra de Deus foi semeada. Assim, você não perde a coragem quando Satanás o golpeia, tenta queimar a palavra que habita em você com dificuldades, ou quando o preocupa e o pressiona com riquezas. A colheita é certa. A Palavra de Deus é poderosa e eficaz. O resultado é que você tem ambas as orelhas para ouvir e entender seu Salvador amoroso e ouvidos que ele usará para o crescimento surpreendente e continuado do reino dele.

 

REV. JOHN C. WOHLRABE JR. In: Concordia Pulpit Resources, Vol. 15, Part 3 – Series A, 2005. Traduzido e adaptado por Aragão, 2005.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: