As Ovelhas do Senhor

Jo 10.1-11; Sl 23; Ez 34.1-10; Rm 6.1-11

Queridos irmãos, eu hoje escolhi este texto para falar dos 104 anos de

nossa igreja no Brasil.

Nossa igreja é um aprisco cheia de ovelhas – de todos os tipos e

qualidades;

– ALGUMAS mansas, outras bravas, arredis…. algumas obedientes, outras

nem tanto….. há aquelas que ajudam, e aquelas que precisam ser

ajudadas… há aquelas que se alimentam com as outras e se aquecem, e

outras afastadas e quase morrendo congeladas………..

Somos ovelhas cujo guia, É O BOM PASTOR JESUS!

Aquele que nos mostra o caminho… nos alimenta… nos aquece… cura as

nossas feridas feitas pelos arames da vida, nos ampara nos perigos da noite

e do dia…. nos carrega quando não mais podemos caminhar….. nos ama até

mesmo quando somos abandonados pelos nossos!

Tudo isto, ele o faz por meio da palavra e sacramentos… também da

comunhão!

MAS HOJE, eu não quero falar sobre o Pastor destas ovelhas – que dispensa

comentários. Mas quero falar sobre, AS OVELHAS DESTE PASTOR!

As ovelhas que compõe este aprisco – A IGREJA!

QUE tipo de ovelha somos nós neste aprisco de Cristo; nesta igreja de

Cristo?…

Este singelo animal símbolo desempenhou um importante papel na

história do povo de Deus;

– Foi o primeiro a ter o seu nome especificado na bíblia (Gn 4.2):

"Abel tornou-se pastor de OVELHAS"….

– Ela era a principal riqueza dos patriarcas: Jó chegou a possuir

14.000; Abraão, grandes rebanhos; o rei Salomão sacrificou o espantoso

número de 120.000 delas na dedicação do templo…

– Tinha várias utilidades: Sua carne saborosa era um dos alimentos

principais do povo; da lã se fazia quase todo o vestuário… dos chifres,

instrumentos musicais…

DESDE o tempo dos patriarcas, passando por Jesus, até aos dias de

hoje;

É emblemática… indispensável a figura do rebanho e seu pastor na

bíblia!

Jesus usou este modelo para pintar o belo quadro da IGREJA e seu SENHOR!

– Ao encontrar-se com Pedro e pedir dele a reafirmação do seu amor;

Jesus dá a ordem: "apascenta minhas ovelhas"…

A OVELHA foi a figura encontrada por Jesus para identificar seus

seguidores;

Como diz o texto: "elas ouvem a minha voz".. (Jo 10.3)

Que características têm OU devem ter AS OVELHAS DO SENHOR?

EU GOSTARIA de levar a todos nós, membros desta igreja;

…a uma compreensão do que É SER "Ovelhas do Senhor"

Algumas características podemos perceber:

Esta Ovelha (você), algum dia foi selvagem!

Andando desgarrada pelos caminhos da vida; dando cabeçadas no escuro, pela

ausência de fé e de rumo;

Um dia deixou-se domesticar; mudou de atitude; até mesmo de direção.

Achegou-se e ficou – passou a ser de casa.

Nasceu com o estigma do pecado, transmitido pela incredulidade e

desobediência do primeiro casal lá no primeiro curral;

Mas um dia, você ouviu a voz do pastor; Parou, Deu meia volta e correu para

o aprisco.

A porta lhe foi aberta e você nasceu de novo! Você passou a fazer parte

deste grande rebanho de Deus.

A Ovelha é animal limpo!

Pode até escorregar, resvalar-se, sujar, mas diferentemente de outros

animais – não fica na lama!

Ela reage e sai… precisa manter a limpeza da lã; o sujar-se não lhe é

próprio.

No mar de lamas em que vivemos a "ovelha de Cristo" não pode ficar!

Como diz Paulo na epístola de hoje: "Continuaremos a pecar para que a

graça seja maior? – de modo algum"

A "ovelha de Cristo"é SÓBRIA, não se deixa debriar pelos prazeres que o

pasto lá de fora lhe acena!

Não permite que os olhos do coração se encham das atrações do mundo, por

mais verdes e suculentas que lhes pareçam!

"Pois muitas vezes, são tiriricas que parecem ser gramas"

Nós temos o privilégio de ter nos tornado ovelhas do Senhor; não mais para

estar no pecado; embora muitas vezes pecamos, caímos na lama, nos

sujamos…

Mas somos chamados a sair desta lama, nos limpar – pela palavra,

sacramentos e uma vida de arrependimento!

LEMBRAI-VOS DISTO: A VERDADEIRA OVELHA, jamais ao cair permanece na lama!

As Ovelhas do Senhor tem um papel importante neste mundo!

Se por um lado não podemos estar na lama, na água suja; ser parceiras no

mundo e seu pecado;

Cristo precisa delas para despoluir estas águas!

Como enfrentar este dilema? – ele mesmo resolveu: Pediu ao Pai que "não nos

tirasse do mundo, mas que nos livrasse do mal"…

Estar no mundo sem ser do mundo – tarefa nada fácil! Como Ovelhas do

Senhor, não podemos deixar de estar, mas não podemos ser!

Este é o grande desafio hoje como "ovelhas do Senhor e igreja"…

Foi isto o que Jesus diz: "de modo nenhum seguirão o estranho" (5)…

Somos ovelhas que tiveram suas lãs limpas pelo sangue de Cristo, e por

isso, precisamos mostrar nossa brancura ao mundo.

Como ovelhas do Senhor temos uma grande tarefa:

– permanecer no aprisco (na igreja), na verdadeira doutrina;

– ouvir a voz somente do pastor Jesus e não de estranhos, como filosofias

que alternam nossa fé;

– Mostrar aos outros, que eles também podem se tornar "Ovelhas limpas no

Senhor"!

Um teólogo de nome Oscar Kilman, disse que os cristãos necessitam de três

conversões:

"A primeira, do mundo para Cristo; a segunda para a igreja, que ele

descreve como compromisso; e a terceira para o mundo – o testemunho!"

E nós só conseguiremos fazer de ovelhas desgarradas ovelhas, se não

sujarmos com o mundo!

A Ovelha do Senhor é agregaria!

a- Ela nasce para viver junto, trocando calor. Não se isola, anda sempre

com outras ovelhas;

Ela é como a brasa que não pode ficar longe do braseiro sob pena de

esfriar; virar cinzas e ser varrida pelo vento como um simples pó.

b- Não se isola em grupinhos de mais bonitas… mais lãnudas… mais bem

aquinhoados… mais gordinha, branquinha, altinhas….. não cria guetos

dentro do rebanho!

Quando tais coisas acontecem, não é típico do rebanho do Senhor!

c- Estar distante, separada, não é natural da ovelha do Senhor!

d- No meio do rebanho ela tem uma vida de partilha:

Partilha da fé.. do entendimento.. da doutrina… modo de viver… de

resolver as coisas….

Partilha do caminhar juntos rumo ao céu!

Há uma coisa que muita preocupa a igreja de hoje:

Há algumas "ovelhas" que estão trocando o calor do aprisco – pelo frio do

mundo;

E outras que se separam do grupo, e perdem a oportunidade de partilhar tudo

aquilo que SÓ NO APRISCO DO SENHOR podemos encontrar!

Tais ovelhas, fora deste aprisco, estarão sem proteção; e o inimigo virá

para lhe roubar e matar sua fé.

Precisamos como "Ovelhas do Senhor" entender que:

A igreja local; a igreja que nós fazemos parte; É hoje o aprisco de Cristo

na terra!

Esta igreja, Deus nos reservou para que estivéssemos protegidos.. bem

alimentados… amparados e amados!

Desprezá-la é desprezar o Senhor do rebanho… é correr o risco de

tornar-nos desnutridos e lá fora, morrer de fome e sede!

Ame este aprisco, ame esta igreja da qual você faz parte; invista nela,

trate-a bem;

Pois em nenhum lugar, estarás tão bem quando aqui você está!

A Ovelha do Senhor é inofensiva, mansa, humilde!

Não tem o costume de agredir. Se alguma vez dá alguma cabeçada, acaba

voltando humilde a pedir perdão!

Nunca se deixa tomar pelo espírito de agressividade reinante lá fora!

Ela anda ao lado, ao invés de pular por sobre as outras!

Saulo era mestre entre os homens, formado aos pés do Dr. Gamaliel; dominava

a cultura da época;

Mas, ao encontrar Cristo no caminho, mudou de espécie animal: trocou a

alcatéia pelo rebanho!

Deixou de ser Saulo (lobo, perseguidor); para se tornar Paulo, "ovelha do

Senhor"!

Como partes deste rebanho do Senhor, assim também devemos proceder:

– Não nos deixar ser dominados dentro da igreja com o mesmo espírito de

agressividade do mundo lá fora;

– Saber pedir perdão quando erramos… Voltar atrás.. abraçar o irmão que

falhou contigo…. Aceitar de volta aquele que se perdeu e acolhe-lo com

amor;

– Não querer humilhar os outros, ou que os outros lhe sirva; mas seja um

servo!

Lembrai-vos das palavras de Cristo: "eu não vi para ser servido, mas para

servir"…

Enfim; as ovelhas do Senhor possuem muitas características;

Poderíamos ficar aqui falando milhares delas: submissa, disciplinada,

cautelosa, sabe ouvir….

É sofrida em alguns momentos, pois serve sua lã para agasalhar outros;

Retribui oferecendo amor, mesmo não recebendo amor….

A ovelha animal pode suportar longos períodos sem beber água; a ovelha de

Cristo sabe manter-se firme em meio às adversidades…

Mas eu gostaria de apontar uma última característica, talvez a mais

importante;

Para nós como "Ovelhas e como igreja"!

A verdadeira Ovelha é aquela que confia no seu Senhor e sabe que ele dá a

vida por ela!

Esta ovelha é totalmente dependente do Senhor; confie nele, vai após ele,

sem contestar… sem se rebelar!

Trilha junto com o rebanho, as veredas que ele indica com o seu cajado;

…. e muitas vezes, este seu cajado é para nos corrigir, nos trazer de

volta;

Esta ovelha não determina o seu próprio caminho;

pois sabe que ele CONHECE o melhor caminho e sabe que ele é: "O CAMINHO"!

Apenas segue, pois confia que ele irá levá-la a pastos verdes e águas

tranqüilas.

Quantas ovelhas hoje,

– Tem se mostrado independente do Senhor, seguindo seus próprios projetos,

confiando em si mesmas; contestando vontade que vem de Deus; se rebelam por

qualquer motivo e deixam o aprisco (igreja)……

Agindo assim, negam a fé e esquecem o tão alto preço que ele- JESUS – teve

que pagar por ela!

Amados irmãos;

Que tipo de "ovelhas do Senhor" somos neste aprisco – nesta igreja?

Não tenho dúvida em dizer que, nossa igreja – A IELB, foi um aprisco

escolhido por Cristo, para alimentar seu rebanho;

– Ao longo destes anos, muitas ovelhas foram resgatadas da lama, do

penhasco que se encontravam; do precipício quando estavam prontas para

cair…

– Muitas ovelhas encontraram abrigo, calor, amor; alimento para a

eternidade;

– muitas ovelhas, aprenderam a chorar e entristecer com as outras quando

uma se perdeu;

– muitas ovelhas souberam obedecer a voz do pastor Jesus, e foram fiéis a

Ele.

Que como ovelhas do Senhor; Possamos fazer deste aprisco, desta igreja:

Um lugar onde ovelhas se encontram, se amam, são acolhidas, aquecidas e bem

alimentadas;

Um lugar onde somos abençoados como indivíduos, família e ovelhas do

Senhor;

Enfim, um aprisco, onde somos guardados, protegidos e guiados pelo eterno

pastor Jesus! Amém?

Que neste aprisco (IELB) reservado para nós,

Possamos ser sempre "abençoados com a presença de Deus".

Pastor Edson Oliveira

IELCD – Belo Horizonte, MG

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: