Sermão de Final de Ano

Sermão para o dia 31 de dezembro de 2005

Fim de Ano e Ano Novo

Gramado – RS

TEXTO: Lucas 13. 6-9

TEMA: “Deixa-a por mais um ano”.

Estimados em Cristo Jesus.

1) Uma figueira na vinha.

- Ela foi plantada por alguém. Ela não nasceu sozinha, por acaso.

- Nós fomos plantados na vinha do Senhor.

- Na igreja, na casa de Deus. “Somos como árvores plantadas na casa do Senhor, que florescem nos pátios do templo do Senhor”. Sl 92.13

- A vinha está muito bem protegido: Cercada, uma torre, trabalhadores. É a igreja de Cristo.

- Nós não fomos plantados em qualquer lugar. Jogado às traças, ao relento, ao abandono.

- O Senhor cuida de sua vinha.

2) A figueira na vinha.

- Era costume ter figueiras na vinha. Ela se destacava sobre a parreira porque chegava a 6 metros de altura.

- Era um fruto muito estimado e medicinal na época.

- Sentar-se debaixo de uma figueira era sinônimo de paz, de tranqüilidade na casa. Jesus chamou Felipe que descansava debaixo de uma figueira.

- Aplicação: “Sombra e água fresca”. Anelamos e não vamos ter. Também na igreja. Ninguém pode ficar na sombra. Há muito trabalho para fazer.

- Deus fala: “Vai tudo bem”, quando na verdade tudo vai mal (Jr 6.14) .

3) A grande lição da figueira.

- Ela leva três anos para produzir

- Os frutos, dos três primeiros anos, eram proibidos. Lv 19.23-26

- No quarto ano pertenciam ao Senhor.

- Durante três anos veio buscar fruto.

- São dez anos. Com chance de sobrevida por mais um e no fim ainda depende do seu dono.

4) A lição para nós.

- São dez anos de vida. Nada de frutos. Verde, cheio de vida. A queixa: “Está tirando a força da vinha”.

- O texto não fala, mas é óbvio o investimento. Na vinha e na figueira.

- Deus amou seu povo. Deus enxertou seu povo a ele. Jesus se entregou pela vinha. Deu sua vida.

- Não apenas verdes. João Batista reclama: “Produzi pois frutos dignos do arrependimento”. O machado já está posto a raiz das árvores. Ele propõe o corte, para não brotar de novo.

- Faz três anos que venho buscar fruto. Ele vem buscar na minha vida. Quantas vezes ao longo deste ano que passou? A figueira produzia, na época, durante dez meses. A possibilidade de encontrar fruto era grande.

- Evidente está, que se não há frutos, algum problema tem com a planta.

- Jesus amaldiçoou uma figueira por não ter frutos, e no outro dia estava seca.

- Deus vem buscar frutos. Ele manda seu Filho, não empregados. Uma vez o mataram. Mas Ele vive. Ele vem de novo.

- A possibilidade de encontrar frutos é muito grande. Há poder. Há palavra. Há E. Santo. Há Santa Ceia.

- As vezes Deus vê seu investimento ser levado pela chuva. O crescimento que vem de Deus, só resultou em folhas.

4) A primeira solução:

- Corta a figueira. Ela já mostrou que não tem condições de produzir. Joga fora, ao fogo. Está tirando a força das outras plantas.

- É Deus reclamando do seu povo de Israel. Muitas vezes queria destruí-lo em função de sua incredulidade.

- Lá vinha Moisés com sua oração. Deus se arrependia. Deus mudava de idéia.

- Aqui o cuidador intercede: Deixa-a mais este ano. Vou afofar a terra. Vou mexer na raiz. Cortar alguma. Vou colocar adubo.

- Nós vamos mexer na raiz. Na base. No coração. Na vida. Com a Lei, mas especialmente o evangelho. Nós vamos fazer o trabalho do Bom Pastor, de buscar a ovelha perdida.

- Aqui está o trabalho missionário. É não apenas esperar frutos, mas é chegar perto das pessoas, olhar para dentro delas e ver quais são os problemas; colocar-se como uma ajuda para que no ano que vem haja frutos.

5) A situação hoje:

- A diretoria pega o fichário e faz uma limpa. Vontade dá e tem muita gente que faz.

- Não. Nós vamos apostar em todas as nossas figueiras. Vamos deixá-la por mais um ano. Já são dez, quinze. Ela vai ficar.

- A decisão de cortar ainda é do dono. “Se ela não produzir, então tu mandarás corta-la”. A decisão e o poder de cortá-la são de Deus.

- Deus reclama soluções de nós. Ação nossa. Temos aqui cinco pães e dois peixes. Para Jesus isso basta. O resto é por conta dele.

5) Deixa-a por mais um ano.

- Pode ser que Deus queira colher algumas figueiras em 2006. Que Ele faça a sua vontade.

- Ele não vai encontrar nenhuma sem frutos. Por isso, seja você um cuidador, um jardineiro, tome conta de sua plantação em casa, na sua vila, no seu trabalho. Fale de Jesus. Fale de Deus. Fale do seu amor.

- Ainda é tempo de adubar. Adubo tem. Estamos à espera de cuidadores. A seara é grande. Faça a sua parte me 2006. Deus nos abençoe. Amém.

Autor: Rev. Ilmo Riewe – Gramado RS

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: